TIPOS DE SERMÕES BÍBLICOS

PRODUÇÃO DE CONTEÚDOS



TIPOS DE ESTUDOS BÍBLICOS E SERMÕES PRATICADOS PELOS MEMBROS DO GRUPO DOUTRINA FIEL

Os estudiosos do evangelho classificam os métodos de pregação em três tipos: A pregação expositiva, a pregação textual e a pregação temática. Os membros deste grupo de estudos bíblicos procurarão desenvolver cada um destes métodos em suas produções.

O grupo Doutrina Fiel valoriza todas as escolas de interpretação bíblica que surgiram ao longo da história da igreja cristã e reconhece que seus personagens (apesar dos erros teológicos e falhas humanas) foram instrumentos nas mãos do Deus de Israel, para manter o cristianismo vivo, diante das oposições que se levantaram no decorrer da  história da igreja. Cremos que temos a obrigação de nos debruçarmos sobre o legado histórico da igreja (sem rótulos, sem placas e sem preconceitos farisaicos) que rompeu a história e que permanece de pé diante de Deus, segundo a promessa de Cristo de que as portas do inferno jamais prevaleceriam contra o seu povo.

Este grupo tem se dedicado à produção e ao compartilhamento de estudos bíblicosmídias e comentários sobre diversos temas de interesse da igreja de Cristo. As contribuições dos nossos editores, colaboradores e leitores convidados poderão seguir três métodos distintos:

1 - Pregação Expositiva.
2 - Pregação Textual.
3 - Pregação Temática.

Para a produção dos três tipos de sermões acima listados, o pregador utiliza-se de dois tipos de interpretação bíblica:

1 - Interpretação bíblica literal (método Histórico Gramatical).
2 - Interpretação bíblica alegórica.


Observação Importante: Abominamos o método histórico crítico que toma a Bíblia Sagrada como um livro comum, meramente humano. Este método tem sido usado pelos críticos modernos do cristianismo e por teólogos ateus. Jamais faremos uso deste modelo...


Os três tipos de pregação acima destacados, associados aos dois tipos de interpretação bíblica acima enumerados, podem edificar o povo de Deus, de acordo com cada momento vivenciado. A oração, o jejum e a busca pessoal do cristão ao Senhor fará com que o mesmo seja um instrumento usado com graça pelo Espírito Santo em quaisquer dos métodos supracitados. Cabe mencionar que a "ortodoxia regada com óleo" será o melhor caminho a ser seguido pelo pregador que pretende ser um instrumento de Deus. Não existe nada melhor (em termos de pregação) do que um bom sermão bíblico temperado com o poder de Deus. A consagração pessoal do pregador é fundamental para isto.