A SALVAÇÃO DE DEUS E AS CONJECTURAS FILOSÓFICAS E RELIGIOSAS DOS HOMENS

Por Marco Sousa



A salvação do homem não acontece por meio da sua inteligência, da sua racionalidade ou por seus dotes naturais. O único modo pelo qual o homem pode ser salvo é pela graça de Deus, por meio de sua fé em Cristo Jesus.

"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus" - Efésios 2:8

Um crente analfabeto e cheio de fé genuína em Cristo e um crente intelectual e igualmente cheio de fé genuína em Cristo estão salvos na presença de Deus. A falta de inteligência ou o excesso dela não prejudica a nenhum homem, no que tange a salvação eterna em Cristo Jesus. A salvação não depende do MOBRAL ou da EJA, não precisa da prova do ENEM e não carece de diploma universitário. A alma do analfabeto tem o mesmo valor da alma do intelectual. Deus nunca fez acepção de pessoas. A salvação é um presente glorioso de Deus que está disponibilizado a todos os homens sem exceção (João 3:16-17 - I João 2:2 - 2 Coríntios 5:19-20 - Atos 17:30 - I Timóteo 2:4-5 - Apocalipse 22:17).



Muitos teólogos deterministas amantes da distorção do texto bíblico gostam também de distorcer o texto de Apocalipse 3:20, dizendo que o apelo de Cristo estava sendo dirigido a uma igreja salva e eleita. Mas deixam escapar um detalhe: Cristo está batendo à porta, Ele está do lado de fora. Uma igreja que tem um pastor desgraçado, cego, nú e miserável, na qual Cristo está do lado de fora, não é uma igreja salva. É um aglomerado de ímpios que tem a maravilhosa Bíblia Sagrada, tem boa teologia, tem ortodoxia, pensam que são ricos e que estão salvos, mas Cristo está do lado de fora, batendo à porta.

Cristo está falando com com o pastor da igreja de Laodiceia (o termo anjo significa o mensageiro e refere-se ao ministro que presidia a igreja) mas logo ele começa a falar que está batendo na porta de outras pessoas, pois usa a expressão "Se alguém" - Isto é genérico - pode ser qualquer um, mas se os teólogos deterministas querem continuar insistindo que Cristo faz referencia tão somente à igreja e não aos ímpios de dentro da igreja ou de fora dela que precisam de conversão, terão que admitir também que no texto anterior de Apocalipse 3:11 Jesus estaria fazendo teatro ao mandar a igreja guardar tudo o que tinha, para que ninguém lhe tomasse a coroa, uma vez que os eleitos (na tese determinista) jamais perdem a coroa e Cristo está falando com a igreja e não com os impios. Ou as regras de leitura mudam de acordo com as conveniências teológicas? Alguém está mentindo e eu tenho certeza que não é o meu Jesus!!!     

Se a salvação não estivesse disponível a todos os homens, sem exceção, eu seria um mentiroso ao sair na rua para evangelizar, pois estaria oferecendo a benção a alguém que eu não teria certeza se Deus realmente quer salvar. Mas mediante os textos supracitados eu posso olhar nos olhos do meu vizinho ateu ou do bêbado que passa na rua e dizer que Cristo morreu para salvá-lo... (Isto é evangelho bíblico genuíno).

"Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo" - 2 Coríntios 11:3

Todo tipo de teoria, filosofia ou conjectura que torna o evangelho difícil e inacessível aos homens não pode ser coisa de Cristo. Refiro-me ao Cristo que escancarou o santo dos santos diante de todos os pecadores, quando o véu do templo foi rasgado de cima para baixo...

Este é o evangelho que eu prego...