A PEDAGOGIA DE DEUS EM TEMPOS DE CRISE

Por Marco Elias


"A ti levanto os meus olhos, ó tu que habitas nos céus. Assim como os olhos dos servos atentam para as mãos dos seus senhores, e os olhos da serva para as mãos de sua senhora, assim os nossos olhos atentam para o SENHOR nosso Deus, até que tenha piedade de nós" - Salmos 123:1-2

A pedagogia de Deus encaminha os seus servos para a vida eterna. A vida aqui é frágil e passageira, por isto precisamos saber para quem e para onde estamos olhando, isto é, onde está a nossa confiança. O salmista ergueu os seus olhos e contemplou a imensidão dos céus, lembrou-se daquele que criou e tem o controle de tudo, como também fixou os tempos e as estações. Ele certamente lembrou-se de quem era e qual era a sua condição perante Deus: Um simples servo e não um eleito com direito a tudo. Ele apontou humildemente as características daqueles que esperam a benevolência das mãos do seu Senhor.

Diante dos últimos acontecimentos e das incertezas que envolvem o mundo atual, o nosso olhar continua voltado para aquele a quem servimos: Jesus Cristo, o nosso salvador. Não podemos ignorar os sentimentos da sociedade atual, quanto ao futuro incerto da humanidade, como também não podemos deixar de apresentar as razões da nossa esperança que está mais viva do que nunca, pois ela está em Cristo (o que nos propomos a fazer nas próximas linhas).

Há quem diga que estamos diante de uma arma biológica. Outros dizem que estamos no meio de uma conspiração da China contra o ocidente. Alguns estão falando que os acontecimentos atuais são o resultado das ações e das interferências do homem na natureza. Há quem diga que se trata de um juízo ou uma punição divina contra o mundo atual e a sua agenda destruidora dos valores estabelecidos por Deus. Diante dos fatos, não importa se o leitor é religioso ou se é um descrente, há uma verdade incontestável para todos: O mundo parou e cada pessoa está buscando amparo na família e nos amigos mais próximos...

A família cujos valores vem sendo destruídos pela agenda progressista da ONU, e por governos a ela alinhados, tornou-se um porto seguro dos necessitados. O ativismo político e anti-religioso tem outras preocupações e outros medos no momento. Os sistemas religiosos também pararam, os shows gospel pararam, os pregadores que cobram altas quantias para pregar a palavra de Deus estão calados, os cantores que recebiam os aplausos no culto que pertencia a Cristo também estão calados. Agora eu e você, querido irmão, podemos nos ajoelhar diante do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, sem interferências religiosas, fazendo uso do sacerdócio universal dos crentes, embora do fundo do nosso coração preferiríamos estar ao lado de todos os nossos queridos irmãos em Cristo.  Sejamos humildes ao nos ajoelharmos diante do Senhor, pois não estamos alegres em vermos vários templos fechados, mas não podemos ignorar aquilo que muitos líderes irresponsáveis fizeram deles. Que sejamos sábios em pedir a Deus que nos conceda a benção do arrependimento para a vida. Roguemos a Deus que a nossa nação se levante arrependida para o louvor da sua glória e que a sua igreja se erga comprometida com o reino de Cristo e não com os sistemas religiosos. Que sejamos discípulos de Cristo em nossas casas, ao desejarmos a paz de nosso Senhor Jesus Cristo aos nossos vizinhos, mesmo olhando de longe pela janela.

Pela graça de Deus, a fé tem estado em evidencia nos corações daqueles que proclamam verdadeiramente o nome de Cristo, daqueles que atribuem a glória, tão somente a ELE. Há lares cristãos usando o sangue do cordeiro nas vergas das portas e janelas (linguajar bíblico entendido apenas por quem vive isto)... Como cremos que a Bíblia Sagrada é a palavra de Deus, cremos também no seguinte texto: "E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito" - Romanos 8:28 - Agora muitos pais outrora bastante atarefados estão com tempo suficiente para assistirem às suas famílias, cuidarem de seus filhos e certamente entenderão os motivos pelos quais Deus criou primeiro a família, para depois criar a igreja e não o contrário. Quando os homens invertem os valores, o Senhor Deus, que move o motor da história permite que o cenário se mude repentinamente para cumprir a sua palavra e para reeducar o seu povo.

Glória ao Pai, Glória ao Filho e Glória ao Espírito Santo!